terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Enfim um pouco de tranquilidade

Depois que o Miguel saiu para o trabalho eu tomei um banho beeeeeem demorado na intenção de que aquela água levasse junto pelo menos metade do mau humor e estresse dos últimos dias. Coloquei uma roupa leve e de cor clara pra ver se isso ajudaria a levantar meu astral.
Já na garagem e de frente para o meu carro lembrei-me do meu amigo que disse que poderia chamar para me acompanhar durante a meditação. Disquei e antes que chamasse - e eu acho que nem chegou a completar a ligação eu desliguei. EU estava em casa nesse horário sem fazer nada, mas ele estaria no trabalho. Que esquecida.



Cheguei e ao admirar o lugar é sempre incrível e nunca me canso. Puxei o ar com toda força para que o ar do lugar entrasse em meus pulmões e isso já me fazia sentir muito melhor. Olhei ao redor e não vi ninguém acho que finalmente as coisas estão ao meu favor.



 No primeiro passo para procurar um lugar mais isolado uma borboleta linda veio pousar no meu nariz o que faria que eu entrasse em pânico se fosse em outra época e outra pouco tempo depois veio na palma da minha mão... Espero mesmo que tudo isso seja algum tipo de sinal que as coisas melhorem para mim.



Finalmente arrumei um lugar entre as flores e de ruim ali o máximo que aconteceria era a árvore estar com cupim e cair na minha cabeça. - Sentei e me acomodei - Fechei os olhos e de início era minha intenção era de concentrar na minha respiração, mas o suave bater das asas das borboletas desse lugar sempre me prende a atenção. Comecei esvaziar a minha mente dos problemas dos últimos dias e logo eu estava ali completamente relaxada.



Fiquei ali um tempo considerável e quando comecei a preocupar com o tempo escutei passos bem leves em minha direção e conhecia apenas duas pessoas que reconhecem e preocupam em não atrapalhar uma meditação, mas os dois estavam em horário de trabalho, ou não? - Inclinei levemente minha cabeça para trás e abri os olhos e lá estava meu amigo sorrindo pra mim. 
- Desculpe, pensei que a ligação nem tivesse sido completada...





8 comentários:

  1. Deka realmente estava precisando relaxar u.u
    Meditar sempre é bom ^.^
    Adorei as fotos das borboletas *u*
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina eu sempre estou precisando relaxar :\ ainda bem que medito ou explodiria de tanta tensão .-.
      Adoro borboletas, mas antes tinha um pouco de medo daquele corpo de lagarta delas T-T


      ;**

      Excluir
  2. Tá podendo hein Dekita! Que carrões!!
    Tomara que o banho tenha mesmo levado esse seu humorzinho péssimo... dá até medo de encontrar com vc por aí...
    Deu até saudade da Esplanada agora... uma pena eu não consegui meditar igual a vcs... não sei nem por onde começar... mas eu tava precisando...

    Beijooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro meu Volvo *o*
      Se vc está com medo de me encontrar é pq está devendo, não é? ¬¬'
      Deu saudade, né? Sei... Se eu consigo relaxar qualquer um deve conseguir aushaushuashuahsuahaushaush Mas acho que sua prioridade seria aprender auto defesa assim se machucaria menos caso alguém quisesse te dar uma surra u.u'


      ;*

      Excluir
  3. Falando assim, até parece que eu virei vidente?! Ainda não me tornei nenhum sobrenatural...
    A Esplanada é tudo de bom!

    Un câlin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que eu fiquei sem saber se a ligação foi completada e depois você viu que eu tinha ligado, ou se você apareceu por aparecer como se soubesse que estava ali ou foi coincidência...
      Mas de qualquer forma o importante é que você apareceu e como já estou mais tranquila não vou te atormentar tanto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


      ;*

      Excluir
  4. Ah, acho que vou tentar aprender esse treco de meditação, se as possibilidades de encontrar esse TESÃO aumentarem para mim... Hahahaha

    Bjusssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Vc não tem jeito Lana... ashh...

    ResponderExcluir